Bandidos explodem agência bancária em Ipanema, na Zona Sul

RIO — Um bando de criminosos explodiu uma agência bancária em Ipanema, na Zona Sul do Rio, na madrugada desta sexta-feira. O crime aconteceu na Rua Visconde de Pirajá, em frente à Praça Nossa Senhora da Paz. O estabelecimento ficou completamente destruído depois da detonação dos artefatos. Patrulhas da Polícia Militar foram acionadas para o local, mas, quando chegaram à agência, os bandidos já tinham escapado.

A cena chamou a atenção de quem passava pelo local: destroços dos equipamentos da agência, uma unidade da Caixa Econômica, estavam espalhados pela calçada. Além disso, havia estilhaços de vidro até na rua, faixa por onde veículos evitavam circular. A julgar pelo estado do estabelecimento — a parte interna ficou destruída — a explosão foi potente. Essa pelo menos era a opinião de quem ouviu o ruído oriundo da detonação dos artefatos.

— A ação foi rápida, parecia até que o mundo estava acabando. Um estrondo tremendo — disse um homem que integrava uma equipe de trabalhadores que montavam as bancadas para uma feira realizada na Praça Nossa Senhora da Paz.

Ele contou que estava na outra extremidade da praça, no momento da ação dos bandidos. O homem, que pediu para não ser identificado, ressaltou que a ação da quadrilha, que ocorreu por volta das 3h30m, foi rápida:

— Coisa de poucos minutos. Esses bandidos estão sem medo de nada. É perigoso até para quem, como a gente, trabalha durante a madrugada. Que poder de destruição tem essas bombas que eles trouxeram, hein! — completou ele.

Destroços de equipamentos no interior da agência Foto: Pedro Teixeira / O Globo

Assim como o trabalhador da feira, quem estava na região preferiu não se identificar, com receio de alguma represália de bandidos, já que todos conseguiram fugir. Moradores da região também ficaram bastante assustados.

Ainda conforme o relato das testemunhas, os bandidos estavam em ao menos três carros. Um dos veículos ficou posicionado em uma das esquinas da praça, enquanto os outros seguiram na direção da agência, equipados com o material utilizado na explosão. Ainda de acordo com quem estava no local, os integrantes do bando teriam conseguido levar uma quantia em dinheiro do local.

— Eles invadiram a agência e detonaram os explosivos. Vieram somente para isso, porque não roubaram nenhum veículo nem invadiram nenhum prédio. Essa era a intenção. Pela rapidez da ação, não deve se tratar de um grupo de amadores. Parece que eles são especializados (neste tipo de crime) — disse uma mulher, que estava na praça.

Os policiais entraram em ao menos um edifício para conferir imagens de circuitos de segurança. O caso foi encaminhado para ser registrado, segundo policiais militares, na 14ª DP (Leblon). A área da agência foi interditada pela PM.

— Foi um estrondo ensurdecedor. Muitos moradores ficaram assustados. Ligaram aqui para baixo para saber o que estava acontecendo. Estremeceu tudo. Cheguei a pular da cadeira onde estava sentado — disse o porteiro de um prédio, que fica próximo ao local onde ocorreu a explosão.

Fonte: Jornal Extra

Comentários