Nota oficial fala em conciliação, mas não encerra contradições

Nota oficial fala em conciliação, mas não encerra contradições

José Crespo e Jaqueline Coutinho tiveram uma discussão na semana passada na Prefeitura de Sorocaba - ALDO V. SILVA / ARQUIVO JCS (27/1/2017)

Após mais de 24 horas de silêncio sobre os rumores causados por desentendimento entre o prefeito José Crespo (DEM), a vice Jaqueline Coutinho e o secretário de Gabinete Central, Hudson Zuliani, o governo municipal emitiu nota no início da noite de ontem com uma versão que contradiz a descrição feita pela vice-prefeita em entrevistas sobre o caso. Ontem mesmo, porém, o teor da nota foi desmentido parcialmente pela vice-prefeita, em postagem em sua página pessoal no Facebook.

“Ao contrário de relatos divulgados via rede social, não houve agressão física a ninguém, nem tampouco tentativa de que não se investigasse a funcionária, já que a Corregedoria é o órgão municipal encarregado disso e fez e fará quaisquer investigações necessárias”, afirmou a nota oficial divulgada pela Secretaria de Comunicação e Eventos (Secom) da Prefeitura, referindo-se à funcionária comissionada que motivou a origem de uma discussão.

A nota oficial acrescenta: “Para o prefeito José Crespo, a vice Jaqueline Coutinho e o secretário Hudson Zuliani, o assunto já está superado e não deverá ensejar novas abordagens. A vice-prefeita e o secretário manterão seus gabinetes no sexto andar com o prefeito e continuarão a exercer as suas funções.”

A nota é iniciada em tom protocolar com a informação de que “em nome da população de Sorocaba, para quem este governo trabalha, o prefeito José Crespo, a vice Jaqueline Coutinho e o secretário de Gabinete Central, Hudson Zuliani, conversaram nesta segunda-feira (26) e decidiram estabelecer a conciliação”.

Sobre a reunião que deflagrou a crise no sexto andar da Prefeitura, a nota afirma: “Na sexta-feira (23), houve desentendimento entre os três em razão de divergências sobre a situação funcional de uma comissionada do sexto andar, cujo caso já havia sido investigado pela Corregedoria Geral do Município e a conclusão fora de que não havia irregularidade.”

Essa última afirmação, entretanto, contraria o teor das entrevistas concedidas por Jaqueline durante o dia, desde a manhã de ontem, aos vários órgãos de imprensa da cidade, incluindo o Cruzeiro do Sul. Por isso, em razão da nota divulgada às 18h40 contradizer as declarações dadas em entrevista, o Cruzeiro do Sul voltou a tentar falar com a vice no início da noite de ontem, às 19h15 e às 20h40, por celular.

No segundo contato, foi deixado recado. Às 21h15, num esforço para ouvir a vice, a reportagem insistiu e ligou para o telefone fixo da casa dela. O aparelho dava sinal de que estivesse constantemente ocupado ou fora do gancho. Em nenhum desses momentos foi efetivado contato e nem a vice retornou as ligações.

A reportagem também tentou falar com o secretário Hudson Zuliani por celular, às 19h20 e às 21h45, mas o contato com ele também não foi efetivado.

A nota da Prefeitura também não responde a outros questionamentos formulados pelo Cruzeiro do Sul, como por exemplo qual é a versão do prefeito sobre o que aconteceu na sexta-feira no seu gabinete e as afirmações a respeito da vice; se a situação funcional da funcionária Tatiane Polis está esclarecida.

Em postagem no Facebook por volta das 22h20, Jaqueline escreveu que a nota oficial de Crespo “se refere à contingência político-administrativa, objetivando a governabilidade e o bem da cidade de Sorocaba e sua população.”

Em letras maiúsculas, entretanto, ela acrescentou: “Não retiro absolutamente nada do que foi por mim dito em entrevistas concernentes ao episódio em questão, não volto atrás em minhas posturas, porque só existe uma verdade. Quando instada a me manifestar formalmente em instâncias oficiais, reafirmarei, convalidarei integralmente o que já relatei.”

Leia a entrevista concedida nesta segunda-feira (26) pela manhã à imprensa local, cujas afirmações foram mantidas em seu post no Facebook, após a nota da Prefeitura.

Nota oficial fala em conciliação, mas não encerra contradições

Polícia vai apurar se nomeação de assessora envolveu crimes

Urbes fará esquema especial de trânsito para Festa Junina de Sorocaba

Psol pede abertura de inquérito por improbidade contra Crespo

Flores de corte ajudam a embelezar e trazer harmonia

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

Comentários