Su Tonani tem até agosto para depor contra o ator por assédio

José Mayer pode ficar livre de responder um processo judicial no inquérito em que é acusado de assédio sexual por Su Tonani. A figurinista tem até agosto para prestar depoimento em uma delegacia e, assim, evitar que o caso seja encerrado. A informação é do colunista Leo Dias, do jornal "O Dia", nesta sexta-feira (21).

A única vez que Su Tonani comentou o assédio foi no dia 31 de março em post publicado por um blog do jornal "Folha de S.Paulo". A profissional tem somente seis meses para depor a partir do momento em que foi assediada por José. Em meados deste mês circulou a informação que a figurinista havia desistido de formalizar a denúncia contra o ator. O pai da também atriz Julia Fajardo, que deletou suas contas de rede social após a polêmica, estava escalado para a novela "O Sétimo Guardião", sucessora de "O Outro Lado do Paraíso", porém acabou afastado da trama de Aguinaldo Silva. Apesar disso, o ator segue sendo visto na segunda reprise de "Senhora do Destino" e vai aparecer nas reapresentações de "Fera Radical" e "Tieta", ambas no canal pago Viva.

Dias após a denúncia ter vindo à tona, o artista admitiu ter cometido assédio contra a figurinista em carta escrita por uma assessoria de imprensa contratada por ele. "Eu errei. Errei no que fiz, no que falei, e no que pensava (...). A atitude correta é pedir desculpas (...).

Casada há 40 anos com José e mãe de sua única filha, Vera Fajardo desmentiu, através da assessoria de imprensa do marido, que tenha saído de casa e que iria colocar ponto final no casamento.

Fonte: Purepeople.com.br

Comentários