Bruno Silva será julgado na quarta; pena pode chegar até a 180 dias

Bruno Silva será julgado na quarta; pena pode chegar até a 180 dias

Volante foi denunciado por bolada no juiz do clássico com o Vasco com base no parágrafo 3 do artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que fala em agressão

Na tarde da última quinta-feira, o volante Bruno Silva, do Botafogo, acabou sendo denunciado pela Procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) pela expulsão na final da Taça Rio, quando chutou a bola na direção do juiz Bruno Arleu de Araújo após o apito final do jogo com o Vasco.

O atleta foi enquadrado no parágrafo 3 do artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que fala em agressão à equipe de arbitragem e prevê pena mínima de 180 dias de suspensão. O julgamento será na quarta-feira que vem, às 18h, no próprio TJD-RJ.

Além dele, o zagueiro Marcelo também será julgado pela cúpula do TJD por conta do cartão vermelho que recebeu no mesmo jogo, após carrinho em cima do meia Guilherme, também do rival cruz-maltino. Ele foi enquadrado no artigo 254 do CBJD por praticar jogada violenta.

Atletiba do Youtube termina em "pizza" e TJD-PR não aponta culpados

Fred é denunciado no TJD e pode perder o restante do Estadual

Jair recebe apenas advertência e vai comandar o Botafogo no domingo

Luis Fabiano é suspenso por 4 jogos por expulsão em clássico

Jair Ventura será julgado na terça e Rodrigo Pimpão na quarta-feira

Fonte: Terra Brasil

Comentários