Mudança no design pode deixar o iPhone 8 ainda mais caro

Quem reclamou dos preços do iPhone 7 não vai ficar nada feliz com a Apple se os rumores mais recentes se confirmarem. De acordo com o Digitimes, com informações do jornal chinês Economic Daily News, a fabricante norte-americana pode aumentar consideravelmente o valor cobrado para iPhone 8. E tudo por conta da mudança no design do aparelho.

A alta deve-se ao fato de que a Apple estuda realizar uma mudança significativa no visual do telefone. Entre as alterações, o destaque vai para o abandono do botão Home. O componente seria substituído pela tela OLED – que pode ser produzida pela Samsung – com tecnologia 3D Touch. O novo display cobriria toda a parte frontal do aparelho. O problema é que essa mudança vai custar caro para a companhia.

Segundo dados da reportagem, a TPK, empresa escolhida para a fabricação dos displays sensíveis ao toque, pode cobrar entre US$ 18 e US$ 22 para produzir as novas telas do iPhone 8. Para efeito de comparação, as peças de LCD para iPhone 7 saem entre US$ 7 e US$ 9.

Um dos pontos responsáveis por este aumento é a fragilidade do material escolhido. As telas de OLED são mais delicadas, o que força as fabricantes a adicionarem algum reforço atrás dos visores dos telefones para impedir que elas quebrem com facilidade.

É claro que não possível afirmar que a Apple realmente vai repassar esse custo ao consumidor, mas essa é uma prática comum no mercado. Outro ponto que deve fazer com que o iPhone 8 seja lançado por um preço acima do esperado é o fato de que a edição deve chegar ainda em 2017, ano em que a Apple comemora 10 anos do lançamento de seu primeiro iPhone.

Ainda não há uma data oficial para o lançamento do iPhone 8, mas o mercado espera que o telefone seja lançado durante o segundo semestre deste ano.

Fonte: Olhar Digital

Comentários